Prontos para te ajudar!

Qual a diferença entre o branco frio e o branco quente?

Jenifer Silva -

Podemos definir a temperatura da luz por meio da aparência da cor dessa claridade; assim, podemos graduar o tom da luz. A temperatura da cor se mede em graus Kelvin (K), e essa cor varia conforme o aumento da temperatura — desde o tom vermelho fosco, passando pelo laranja, o amarelo, o branco, o branco azulado, até chegar finalmente ao azul.

De acordo com o lugar que precisamos iluminar e o uso atribuído ao ambiente, é recomendável utilizar um tipo de luz com lâmpadas LED, especialmente nas cores branco frio e branco quente, que definem as luzes brancas.

Por isso, neste post explicaremos qual tipo é mais adequado, de acordo com os ambientes que receberão essa iluminação. Continue a leitura e confira!

AS CORES SEGUNDO A GRADAÇÃO DE TEMPERATURA

Na decoração, são considerados parâmetros diferentes para definir quais elementos devem ser utilizados de acordo com o ambiente. A diferenciação entre esses elementos é baseada no efeito que deseja criar no local. Dentro dessa variedade de possibilidades, a luz é essencial para alcançar o objetivo.

Mas há um detalhe para levar em conta: nem todas as emissões de luz em dispositivos LED são as mesmas, uma vez que a cor da luz ou a temperatura da cor varia de acordo com dois tons medidos em Kelvin: branco quente e branco frio.

O BRANCO QUENTE

O branco quente varia de 3.500 K a 4.000 K, e tem uma tonalidade amarelada. É ideal para uso residencial — quartos, salas de estar, lounges —, onde recriam ambientes relaxantes.

É conhecido como a tonalidade mais amarelada da luz. Tem a fama de ser associada às lâmpadas incandescentes. O branco quente proporciona mais relaxamento aos usuários do ambiente, isso porque ele produz menos lúmens do que o branco frio.

Tal tom é adequado para quartos, salas de jantar e estar, bem como para camarins e espelhos, já que o branco quente mantém as cores mais naturais. A cor dos alimentos, bem como a pele, aparece mais próxima à natural sob essa tonalidade.

O BRANCO FRIO

O branco frio varia de 6.000 K a 6.500 K, e é o tipo de luz mais claro e tem um tom azulado. A luz fria é frequentemente usada em locais de trabalho, como escritórios e armazéns onde predominam cores vivas como branco, azul ou violeta. Também é comumente usado em residências, em cozinhas e corredores.

Essa é uma tonalidade que tem um maior dinamismo, e exatamente por isso é recomendada para locais que necessitam de maior poder de iluminação, como cozinhas, lavanderias e escritórios.

Por fim, como indicamos, cada tonalidade de luz tem um uso apropriado de acordo com o ambiente e a sensação que alguém quer causar no lugar. O branco quente é ideal quando você quer criar ambientes acolhedores. O branco frio é usado, especialmente, em lugares onde há muito movimento e em áreas especialmente escuras.

Agora que você entendeu as diferenças entre branco frio e branco quente, confira mais um de nossos posts e saiba como escolher a sua lâmpada LED!

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.

2017 © ILUMINIM LED® é marca registrada de Iluminim.com.br | CNPJ: 23.429.903/0001-98. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Zendesk